Porto Velho

Porto Velho é um município brasileiro e capital do estado de Rondônia. Situada na margem à leste do Rio Madeira, naRegião Norte do Brasil. Foi fundada pela empresa americana Madeira Mamoré Railway Company em 4 de julho de 1907, durante a construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, comandada pelo magnata norte-americano Percival Farquhar. Em 2 de outubro de 1914 foi legalmente criada como um município do Amazonas, transformando-se em capital do estado de Rondônia em 1943, quando criou-se o Território Federal do Guaporé. 9 Com uma população de 494 013 habitantes (Estimativa IBGE 2013), é o município mais populoso do estado de Rondônia, o quarto mais populoso da Região Norte, atrás de Manaus, Belém e Ananindeua, e o mais populoso município da Região fora do eixo Amazonas-Pará. Entre todos os municípios brasileiros, é o 45° mais populoso em 2013, figurando no mesmo ano como a 21ª capital estadual do país com mais habitantes. Se destaca também por ser a capital brasileira com maior área territorial, extendendo-se por pouco mais de 34 mil km² (sendo mais extenso que países como Bélgica e Israel), sendo também o mais populoso município fronteiriço do Brasil (e a única capital inserida nesse contexto), além de ser, ao lado de Rio Branco e Teresina, a única capital estadual que faz fronteira com municípios de outro estado. É a única capital estadual que faz fronteira com outro país, a Bolívia.

Em termos econômicos, a cidade detém o quarto maior PIB da Região Norte, depois de Manaus, Belém e Parauapebas, além de ser atualmente a capital estadual que mais cresce economicamente no país, com crescimento do PIB em 30,2% no ano de 2009. Em 2010, o PIB de Porto Velho foi estimado em R$7,5 bilhões, segundo o IBGE, respondendo por cerca de 1/3 do PIB de Rondônia naquele ano.

 

 

Turismo

Porto Velho tem pequeno potencial turístico, devido ao seu patrimônio histórico e humano. É a 8ª cidade da Região Norte, 5º destino de empresários vindos da Bolívia a negócios e eventos.

As atrações históricas são a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, cenário da série de televisãoMad Maria 28 , produzida pela Rede Globo; a Catedral do Sagrado Coração de Jesus; o Cemitério da Candelária; a sede da Arquidiocese; o terminal ferroviário; a locomotiva Coronel Church (a primeira máquina vinda para a Amazônia, em 1872), as Caixas D’Água (símbolos da cidade, edificadas pelos ingleses); a igreja de Santo Antônio do rio Madeira e sua belíssima cachoeira, marco inicial de Porto Velho.29

  • As Três Caixas D’Água: vindas em módulos metálicos dos Estados Unidos.
  • Estrada de Ferro Madeira-Mamoré: apesar de ter sido um centro ferroviário, a cidade não conta mais com o passeio de trem, que foi desativado por falta de conservação da linha, que acabou ruindo por conta de um temporal.
  • Parque Natural Municipal de Porto Velho
  • Parque Urbano de Porto Velho
  • Parque da Cidade30
  • Passeio de Barco no Rio Madeira
  • Palácio Getúlio Vargas
  • Mercado Cultural
  • Museu Geológico
  • Museu Internacional do Presépio
  • Museu Ferroviário
  • Casa de Cultura Ivan Marrocos

Centros de Compras e Lazer

Porto Velho Shopping

O Porto Velho Shopping é o mais completo centro de compras, serviços e lazer da cidade.

Abriga lojas de grandes marcas regionais e nacionais, muitas delas encontradas em Rondônia apenas no Porto Velho Shopping. Moda, tendências, diversão, ampla praça de alimentação com 672 lugares e 14 lojas de fast food, com 143 lojas satélite, 7 Mega lojas, 4 lojas âncoras, 5 salas de cinema multiplex, Planet Park, Faculdade. Localizado na Av. Rio Madeira, esquina com Av. Calama.

 

Porto Madeira Shopping

O Porto Madeira Shopping é um shopping localiza-se na Av. Guaporé, esquina com a BR-364, sem previsão para sua inauguração, inicialmente prevista para 10 de dezembro de 2010.

Quando concluído, será o maior shopping center do estado de Rondônia, superando o Porto Velho Shopping, atualmente o único da capital e um dos dois existentes no estado (somando-se a este, o Park Shopping Vilhena, na cidade de Vilhena, RO). O shopping contará com 180 lojas satélite, 6 lojas âncoras, incluindo 1 hipermercado, 4 mega lojas, 6 salas de cinema Multiplex Stadium, praça de alimentação com capacidade de 400 lugares, 17 lojas de alimentação e estacionamento com pouco mais de 1.500 vagas.

 

 

História

O porto velho dos militares continuou a ser usado por sua maior segurança, apesar das dificuldades operacionais e da distância até Santo Antônio, ponto inicial da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré.

Percival Farquhar, proprietário da empresa que afinal conseguiu concluir a ferrovia em 1912, desde 1907 usava o velho porto para descarregar materiais para a obra e, quando decidiu que o ponto inicial da ferrovia seria aquele (já na província do Amazonas), tornou-se o verdadeiro fundador da cidade que receberia o nome Porto Velho.

Tornado município do Amazonas em 2 de outubro de 1914, Porto Velho foi criada por desbravadores por volta de 1907, durante a construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré.

Desde meados do século XIX, nos primeiros movimentos para construir uma ferrovia que possibilitasse superar o trecho encachoeirado do rio Madeira (cerca de 380 km) e dar vazão à borracha produzida na Bolívia e na região de Guajará-Mirim, Santo Antônio do Madeira, província de Mato Grosso, foi a localidade escolhida para construção do porto onde o caucho seria transbordado para os navios, seguindo então para a Europa e osEstados Unidos.

As dificuldades de construção e operação de um porto fluvial, em frente aos rochedos da cachoeira de Santo Antônio, fizeram com que construtores e armadores utilizassem o pequeno porto amazônico localizado 7 km abaixo, em local muito mais favorável.

Emancipações

Tornou-se município em 1914, quando ainda pertencia ao Estado do Amazonas. Em 1943, passou à condição de capital e, juntamente com o município de Guajará-Mirim, passou a constituir o Território Federal do Guaporé, que em 1956 passou a ser denominado Rondônia, vindo a ser elevado à categoria de estado (subdivisão) em 4 de janeiro de 1982.

Crescimento demográfico

A cidade nasceu e cresceu a partir das instalações ferroviárias da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. Graças aos tantos ciclos econômicos que se seguiram (exploração de borracha e posteriormente de cassiterita e de ouro), o município foi se consolidando e acolhendo os migrantes que hoje formam a sua população.

Moravam cerca de mil pessoas quando a obra da construção da Estrada de Ferro foi concluída, grande parte funcionários da empresa construtora.

 

Geografia

A capital rondoniense se localiza na parte oeste da Região Norte do Brasil, na área abrangida pela Amazônia Ocidental noPlanalto Sul-Amazônico, uma das parcelas do Planalto Central Brasileiro.

Relevo

O relevo do município é pouco acidentado, não apresentando grandes elevações ou depressões, com variações de altitudes que vão de 70 metros a pouco mais de 600 metros. A região situa-se no vale do rio Madeira, entre a planície amazônica e o planalto central brasileiro.

Hidrografia

Rio Madeira e parte da cidade.

Porto Velho está localizada na Bacia do Rio Amazonas. O Rio Madeira é o principal rio que banha o município, vindo do sul da Bolívia.

Os principais rios são:

  • Rio Madeira (principal braço direito do Rio Amazonas): banha Porto Velho, possui grande quantidade de ouro em seu leito e até pouco tempo, na época da vazante, abrigava 30 000 garimpeiros. Seu curso é dividido em dois níveis: Alto Madeira, trecho das cachoeiras e corredeiras, e o Baixo Madeira. Dois lagos se destacam pela sua importância biológica: Lago do Cuniã, com 104 000 hectares, na reserva biológica de Cuniã, e Lago Belmont, no rio Madeira. O rio tem pesca abundante, destacando-se os seguintes peixes: piraíba, jaú, dourado, caparari, surubim, pirara, piramutaba, tambaqui, tucunaré, jatuarana, pacu, pirapitinga, curimatá, a piranha preta e o terrível candiru.
  • Rio Abunã (afluente da margem direita do rio Madeira): faz a delimitação da fronteira entre Brasil e Bolívia, banha o distrito de Fortaleza do Abunã e nasce no Acre.
  • Rio Mutum-Paraná.
  • Rio Jacy-Paraná.
  • Rio Candeias do Jamari.
  • Rio Ji-Paraná (“Rio Machado”).

 

O clima predominante é o tropical superúmido, de transição entre clima semiúmido da Região Centro-Oeste e oequatorial predominante na Região Norte. É caracterizado por ser muito quente, mas mesmo assim provido de bastante umidade, com uma estação seca que dura cerca de três meses, entre junho e agosto.

A temperatura média anual é de 25,6 ºC, sendo setembro o mês mais quente (26,2 ºC e julho o mais frio (24,6 ºC), e ao mesmo tempo o mais seco (24 mm). O mês mais chuvoso do ano é de janeiro (321 mm), e a precipitação média anual ultrapassa 2 000 milímetros. Com 156 dias de chuva por ano em média, a umidade do ar é relativamente elevada durante o ano todo, com médias acima dos 80 %, e o tempo médio de insolação é de aproximadamente2 000 horas por ano, variando desde apenas 98 horas em fevereiro até 260 horas em julho.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período entre 1961 e 1990, a menor temperatura registrada em Porto Velho foi de 7,4 °C em 19 em julho de 1975, e a maior atingiu 40,9 °C em 16 de agosto de 1969. O maior acumulado de precipitação (chuva) em 24 horas foi de 157,6 milímetros em 15 de outubro de 1979.

 

Reservas indígenas

  • Reserva Karitiana
  • Reserva Kaxaraxi
  • Reserva Karipuna

O município de Porto Velho conta com três reservas indígenas.

A Reserva Karitiana, com 89.098 hectares, fica a 95 quilômetros da capital. É habitada por cerca de 100 índios, que se dedicam à agricultura de subsistência (arroz, milho, farinha, etc.). Lá já foram construídas casas em alvenaria, depósitos, uma enfermaria e uma pista de pouso.

A Reserva Kaxaraxi, com mais de 85 mil hectares, fica na divisa com o estado do Amazonas. Seus mais de 100 índios vivem do extrativismo da castanha e da banana.

A terceira reserva indígena é a dos Karipunas, com 2.200 hectares, situada no Distrito de Jaci-Paraná.

Porto Velho recebeu 5 mil novas empresas em apenas um ano, além de 30 mil novos empregos. Segundo a Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO), o Estado possui hoje a maior taxa de ocupação da população economicamente ativa da região Norte (94,6%) e a segunda menor taxa de desemprego do Brasil. A renda média do trabalhador porto-velhense é também a mais alta da região: R$ 880,00, acima da média nacional.

 

 

Copyright © Rondonia Turismo - O seu guia Rondoniense! | Restrito
Translate »